População não ficou satisfeita com a maneira que suas terras foram adquiridas para a construção da pista

Getty Images
Charlie Whiting, diretor da FIA, pode encontrar problemas em sua próxima visita à Índia
Insatisfeitos com a maneira com que suas terras foram adquiridas, cerca de 300 fazendeiros indianos ameaçam depredar o circuito, ainda em obras. A pista, que vai receber a Fórmula 1 pela primeira vez nesta temporada , é construída no local em que ficavam as propriedades dos agricultores.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

De acordo com reportagem do jornal indiano DNA India , os fazendeiros se reuniram nesta semana e mandaram uma carta para as autoridades locais pedindo mais dinheiro por suas terras, além de mais empregos e melhor acesso a instituições de ensino da região.

“Estamos avisando vocês de que se nossas demandas não forem levadas a sério, seremos forçados a começar um movimento. Vamos desmontar o circuito se a força se fizer necessária”, diz um trecho da carta.

O Grande Prêmio da Índia está marcado para o dia 30 de outubro. No dia 31 de agosto, Charlie Whiting, diretor técnico da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), viajará ao país para vistoriar as obras no circuito local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.