Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Fazendeiros ameaçam realizar manifestações durante GP da Índia

De acordo com líder, grupo foi enganado pelos compradores das terras do local da construção do circuito

Gazeta |

Um grupo de fazendeiros indianos está ameaçando protestar durante a realização do Grande Prêmio da Índia de Fórmula 1, marcado para o dia 30 de outubro. Eles alegam que, quando tiveram suas terras desapropriadas para construção do circuito local, foram ludibriados pelos compradores.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Não somos contra a corrida, mas sentimos que fomos enganados no negócio. Vamos realizar marchas de protesto perto da pista a partir de 23 de outubro para garantir que nossa voz seja ouvida", disse o líder do grupo, Virender Dhada, à agência AFP.

"Estamos apenas exigindo o que é nosso direito. As autoridades estão se fazendo de surdas para nossas exigências legítimas. Se eles estiverem dispostos a conversar conosco agora, vamos parar com as nossas manifestações", acrescentou.

Na contramão da polêmica envolvendo os fazendeiros, veio uma declaração de um representante da JP Sports, promotora do evento, ao jornal tailandês Bangkok Post. De acordo com a publicação, a fonte classificou a situação como "uma grande piada".

"As pessoas não deveriam tomar essas ameaças a sério. Existe tanta coisa acontecendo na corrida para a empresa e para o país, você acha que vamos permitir um punhado de fazendeiros estragarem isso? Gastamos 400 milhões de dólares (cerca de R$ 745 milhões) na corrida e vamos gastar mais alguns milhões se precisarmos melhorar a segurança no local. Vamos fazer o que for necessário para acontecer um ótimo evento", frisou o representante.

Leia tudo sobre: genetgp da índiafazendeirosmanifestaçõesfórmula 1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG