Com saída de Costa, equipe terá nova configuração na parte técnica, com responsabilidades divididas

O mau desempenho da Ferrari fez sua primeira vítima após o Grande Prêmio da Espanha . Por meio de um comunicado oficial, a escuderia italiana comunicou o desligamento de Aldo Costa, que começou a temporada como diretor técnico da equipe.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

De acordo com a nota, Costa, que estava na equipe desde 2007, foi quem pediu para sair. O italiano vai assumir novas funções na empresa, não necessariamente ligadas à Fórmula 1 .

A equipe técnica da escuderia terá uma nova estrutura. Pat Fry vai cuidar do chassi do carro, enquanto Luca Marmorini será responsável pelo motor e pela parte elétrica. Por fim, Corrado Lanzone vai cuidar da produção. Os três vão responder diretamente a Stefano Domenicali, chefe de equipe.

A Ferrari ocupa atualmente a terceira colocação no Mundial de Construtores . A equipe italiana tem 75 pontos, contra 185 da líder Red Bull. No Mundial de Pilotos , Fernando Alonso é o quinto com 51 pontos, e Felipe Massa é o oitavo com 24. Sebastian Vettel, primeiro colocado, já soma 118.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.