Tamanho do texto

Escocês larga em sexto no GP da Grã-Bretanha e afirma estar esperançoso para a corrida. Confira trajetória do piloto

Um dos estreantes do ano, Paul di Resta conseguiu neste sábado (9) em casa seu melhor grid desde que chegou à Fórmula 1 . Ao contrário de seu companheiro de Force India, Adrian Sutil, que não avançou ao Q3, o britânico fez o sexto melhor tempo no classificatório para o Grande Prêmio da Grã-Bretanha , que acontecerá em Silverstone neste domingo (10) às 9h (Brasília). Sua melhor colocação de largada até então havia sido o oitavo lugar, no GP da China - terceiro da temporada.

Siga o iG automobilismo no Twitter

Di Resta tem 25 anos e sua primeira participação em uma categoria importante do automobilismo foi em 2002, na Fórmula Renault, na qual correu até 2004, ano em que teve quatro vitórias e terminou em terceiro na classificação geral. Em 2005, o promissor piloto escocês foi para a Fórmula 3 Euroseries e competiu com campeões mundiais de F1 como Lewis Hamilton e Sebastian Vettel. Em 2006, na mesma categoria, ele superou o atual líder do Mundial de Pilotos da F1 , então seu companheiro de equipe, e levou o título.

Em 2010, na sua quarta participação na DTM, levou o título da categoria pela Mercedes e assumiu o posto de piloto de testes da Force India, participando de várias sessões de treinos livres pela escuderia. Em 2011, foi o primeiro estreante a pontuar na temporada - nos primeiros GPs, na Austrália e na Malásia .

Ao largar na sexta posição do grid neste domingo (10), o escocês tem a chance de, em casa, pontuar novamente e melhorar sua 17ª posição na classificação geral. O debutante afirmou estar feliz com sua condição para a primeira prova em casa e mostrou confiança no resultado positivo no GP.

“Estou muito feliz com o resultado de hoje. Estar aqui no meu primeiro GP da Grã-Bretanha em sexto lugar é ótimo”, disse Di Resta. “Espero levar esse bom desempenho da equipe para amanhã e sair com um bom resultado em casa”, finalizou.