Piloto alemão admitiu que os resultados não são os melhores, mas disse que vai lutar para melhorá-los

O desempenho da Mercedes no Grande Prêmio da China parece ter animado os pilotos da escuderia. Apesar de admitir que “brigar pelo décimo lugar não é divertido”, o heptacampeão mundial Michael Schumacher afirmou que tem vontade de cumprir seu contrato, que vai até o fim de 2012.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“É por isso que eu estou brigando com a Mercedes. Admito que ter 42 anos não é a mesma coisa que ter 25. Eu vou cumprir meu contrato de três anos com a Mercedes, e depois disso trabalhar como representante da marca”, revelou Schumacher, em entrevista à revista alemã Bunte .

Nesta temporada, Schumacher marcou seis pontos, contra dez do compatriota Nico Rosberg. Mesmo assim, o colega de Mercedes elogiou o desempenho do companheiro de equipe.

“Michael tem um desempenho de alto nível, ele é forte. Seus resultados atuais não refletem o quanto ele é bom. Para derrotá-lo, tenho de conseguir fazer tudo corretamente”, disse Rosberg, em entrevista ao jornal alemão Bild .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.