Chefão da categoria afirma que dono da News Corp tem experiência em "negociações que não dão certo"

Bernie Ecclestone, chefão da Fórmula 1, afirmou neste sábado (7) que nada mudou com relação aos rumores sobre a venda da categoria mais importante do automobilismo mundial. As declarações foram feitas por conta do interesse da News Corporation (empresa norteamericana de comunicação) em adquirir os direitos comerciais do esporte.

Siga o iG automobilismo no Twitter.

“Nada mudou”, afirmou o manager sobre o contato das empresas aglomeradas. “O Rupert Murdoch [dono da News Corp.] tenta comprar a Sky há três anos. Ele já tem experiência em negócios que não deram certo”, ironizou o britânico.

Com a negação, Ecclestone, que acompanha o Grande Prêmio da Turquia em Istambul , esclarece a situação sobre a negociação da F1. Em abril, o chefão havia descartado a possibilidade de venda e dito à Telegraph Sport que a intenção de compra era uma “besteira, pois a competição não está à venda”. No meio desta semana surgiram boatos de que um grupo ligado à FIAT decidiu entrar no negócio .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.