Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Ecclestone ironiza proposta de "revolução" de Montezemolo

Chefe da Fórmula 1 acredita que CVC vai pagar a quantia necessária para renovar o vínculo com as equipes

iG São Paulo |

Na última semana, Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari, cogitou uma “revolução” na gerência da Fórmula 1. Com a iminência do fim do vínculo com a CVC – o contrato com a atual dona da categoria expira ao fim de 2012 – o italiano disse que as equipes poderiam montar sua própria liga. A opinião foi ironizada por Bernie Ecclestone, chefe da F1.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

“Ah sim, todos nós conhecemos o lado emocional de Montezemolo”, disse Ecclestone, em entrevista ao jornal suíço Blick.

O britânico se disse confiante de que a CVC vai investir o dinheiro necessário para renovar seu contrato com as equipes.

“CVC comprou a Fórmula 1 em uma época em que basicamente não existia acordo, e os fabricantes estavam ameaçando criar uma liga rival. Então, foi a pior época possível para comprar, e mesmo assim a CVC pagou uma boa quantia. Hoje, o risco é menor do que naquela época”, opinou o chefe.

Leia tudo sobre: Luca di MontezemoloFerrariBernie EcclestoneF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG