Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Ecclestone diz que GP dos Estados Unidos deve ser cancelado

Impasse comercial entre organizadores do evento e administradores do circuito em Austin é motivo do cancelamento

iG São Paulo |

Bernie Ecclestone, chefe da Fórmula 1, afirmou nesta quarta-feira (16) que deve riscar o Grande Prêmio dos Estados Unidos do calendário de 2012. Marcado para estrear na próxima temporada, o Circuito das Américas, em Austin, terá seu futuro definido no dia 7 de dezembro, prazo máximo imposto pelo dirigente para que os administradores do novo autódromo resolvam seu impasse comercial com a administradora da categoria, a FOM.

Leia também: Razia estreia nos testes para jovens pilotos deste ano

Durante a etapa da Índia, Ecclestone já havia anunciado um possível cancelamento da corrida norte-americana em 2012 e, nesta semana, a discussão reacendeu com a briga entre os promotores do evento e os administradores da pista. Anteriormente, as negociações eram feitas com a Full Throttle Productions, mas, após o cancelamento do contrato com a empresa, a FOM passou a tratar diretamente com os responsáveis pelo Circuito das Américas.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A partir daí, as duas entidades não conseguiram entrar em acordo contratual e, desde então, Ecclestone ameaça o retorno estadunidense à F1. “Fizemos de tudo para esse evento acontecer”, afirmou o chefe da FOM à agência Press Association. Quando questionado sobre os riscos do cancelamento da prova em 2012, o britânico disse que “o risco de isso acontecer é de 100%”.
 

Leia tudo sobre: f1texasaustincircuito das americasbernie ecclestoneeua

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG