Prazo inicial estipulado pela FIA para o país resolver seus problemas termina no próximo domingo

Getty Images
Ecclestone pretende dar mais tempo ao Bahrein
Bernie Ecclestone, chefe da F1, está disposto a conceder aos organizadores do GP do Bahrein mais tempo para decidirem se poderão ou não abrigar o Grande Prêmio nesta temporada. Neste domingo, 1º de maio, o tempo estipulado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para o Bahrein resolver seus conflitos e assegurar a prova se esgota.

Siga o iG automobilismo no Twitter

Com o prazo chegando ao fim e a situação da segurança no país asiático ainda grave, Ecclestone disse nesta quinta-feira (28) que ainda há uma chance de oferecer ao Bahrein mais algumas semanas para se organizar.

“Nós precisamos esperar um pouco para ver exatamente como tudo acontecerá. Presumo que estaremos seguros no começo de junho ou algo parecido”, falou o chefe executivo da F1, segundo a agência de notícias Reuters .

Ecclestone ainda acrescentou: “as coisas podem mudar em algumas semanas, então você não sabe. De repente tudo pode estar pacífico no tempo de um mês e eles estarão felizes em realizar o evento. Nós estaremos felizes em estar lá”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.