Dietrich Mateschitz acredita que incidente no GP da Grã-Bretanha não atrapalhará a renovação do contrato

O dono da Red Bull, Dietrich Mateschitz, afirmou nesta quarta-feira (13) que não há dúvidas de que Mark Webber continuará na equipe no próximo ano, mesmo após a confusão entre piloto e escuderia no Grande Prêmio da Grã-Bretanha do último domingo (10).

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Na parte final da prova, a equipe pediu para o australiano manter distância em relação a Sebastian Vettel, quando os dois pilotos da Red Bull lutavam pela segunda colocação nas últimas voltas da corrida em Silverstone. Webber, que terminou em terceiro, admitiu após o GP que ignorou as ordens da equipe e que tentou ganhar a posição do companheiro.

Apesar do desentendimento, Mateschitz disse que Webber renovará o contrato. “Isso vai acontecer com certeza. Ele é muito popular dentro da equipe, sente-se muito confortável e tem um ótimo relacionamento”, declarou em entrevista ao site da revista inglesa Autosport .

"Para ser honesto, Mark não tem escolha melhor do que o carro mais veloz e nós não temos escolha melhor para um piloto rápido”, acrescentou Mateschitz.

O dono da Red Bull também disse que não viu problemas em Webber tentar ultrapassar Vettel, apesar da ordem dada ao piloto australiano. “Esse não é um problema para nós. Sebastian percebeu que Fernando Alonso não poderia mais ser alcançado e recuou. Isso permitiu que Mark se aproximasse. Ele seria um péssimo piloto se não tentasse atacar e ganhar uma posição”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.