Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Diretor da McLaren diz que restrições no escapamento vão mudar F1

Segundo Tim Goss, a maioria das equipes vai perder desempenho caso a FIA confirme a proibição

iG São Paulo |

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) pretende restringir o uso aerodinâmico do escapamento dos carros na Fórmula 1. De acordo com Tim Goss, diretor de engenharia da McLaren, a decisão vai afetar o desempenho da maioria dos carros da categoria.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

“Seria um revés no nosso desempenho, e eu sei, quase com certeza, que seria também um revés no desempenho dos nossos principais competidores. Se vai afetar mais nós ou nossos competidores, é impossível dizer”, disse Goss.

O dirigente também contou como será o trabalho com os carros durante o fim de semana do Grande Prêmio da Espanha. Em Barcelona, a McLaren vai reintroduzir as novidades que tentou implantar sem sucesso na Turquia.

“Vamos reavaliar nossa atualização sexta na Espanha, e o que funcionar vamos levar adiante”, declarou o engenheiro, revelando que as principais mudanças estarão na lataria e no assoalho.

Leia tudo sobre: Tim GossF1McLaren

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG