Terceiro colocado em Nurburgring, australiano afirma que não precisa ser Einsten para saber que escuderia precisa evoluir

Mark Webber, terceiro colocado no Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1 neste domingo (24), demonstrou estar preocupado com a evolução dos rivais da Red Bull na categoria. A escuderia do australiano não venceu as últimas duas provas e viu os pilotos de Ferrari e McLaren, antes coadjuvantes no Mundial de Pilotos , subirem ao lugar mais alto do pódio.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O vencedor do GP alemão neste domingo foi o britânico Lewis Hamilton, que apresentou ritmo mais consistente do que Webber durante a prova e conquistou sua segunda vitória na temporada - a primeira foi no GP da China .

"Fomos derrotados na última corrida e derrotados aqui. Não precisa ser o Einstein para perceber que precisamos trabalhar duro", disse o australiano. "Precisamos continuar sendo consistentes e aprendendo. Temos uma grande fábrica e a durabilidade é boa, então vamos nos manter  pressionados", completou.

Largando da pole position neste domingo, Webber foi superado já na largada por Hamilton. O australiano chegou a lutar pela primeira colocação durante a prova, mas viu o rival e Fernando Alonso se distanciarem com o decorrer da prova e se disse desapontado.

"Sabemos o que precisamos melhorar e não podíamos dar muito mais do que isso hoje. Estou um pouco desapontado por não conseguir a vitória, tivemos uma boa briga nos pit stops, então é uma mistura de emoção", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.