Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Di Resta nega ida para a Mercedes e mostra foco na Force India

Rumores dão conta de que o britânico pode defender a equipe alemã em 2012

iG São Paulo |

Paul di Resta disse nesta quinta-feira (5) que as especulações sobre sua possível ida para a Mercedes não atrapalham seu trabalho na Force India. O estreante da F1 fez um bom início de campeonato, marcando pontos nas duas primeiras corridas e também superando seu companheiro de equipe Adrian Sutil com frequência. Apesar dos rumores, Di Resta disse em entrevista para o site Autosport que está focado apenas na atual temporada.

Siga o iG automobilismo no Twitter

"Você fica sempre empolgado se equipes assim estão interessadas no seu trabalho", disse di Resta. "Um dia, definitivamente gostaria de estar em condições para isso (correr na Mercedes), mas ao mesmo tempo tenho dito que estou com a Force India, estou totalmente focado no que prometi fazer este ano, que é dirigir para a equipe e fazer o melhor trabalho possível aqui", continuou o britânico.

Perguntado se poderia ter chegado à F1 sem a ajuda da Mercedes, com a qual ele conquistou o título da DTM no ano passado, o piloto se esquivou dizendo que é impossível saber. "Eu sempre disse que a Mercedes tem sido uma grande influência na minha carreira e faço parte dessa família há um bom tempo. Ainda sou muito próximo da equipe, mas não tem como saber o que aconteceria se não fosse por esse caminho".

O escocês disse que não está surpreso com os elogios que tem recebido. "Eu vim com a mente o mais aberta possível. As pessoas dizem que você pode prever o que vai fazer aqui ou ali, mas acho que não pode. Estou gostando, me tornando mais experiente e está se tornando mais natural para mim, só espero que possa dizer no final que o que estou fazendo é ficar à frente de meu companheiro de equipe e lutar por alguns pontos neste fim de semana".

Di Resta está esperançoso em continuar com sua boa forma, mas admite que é difícil fazer previsões em razão do equilíbrio do campeonato."Dada a proximidade do grupo intermediário, não acho que você pode vir aqui e dizer que vai entrar no Q3 (terceiro treino classificatório) ou dizer onde você estará. Isso depende da configuração de seu carro e do que você tira dele, de quão preparado você está para o GP", concluiu.

Leia tudo sobre: Force IndiaPaul di Resta

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG