Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Desconfortável no carro, Vettel espera evolução na corrida

Alemão ficou atrás de seu companheiro de equipe pela segunda vez no ano e larga em quinto no GP da Malásia

iG São Paulo |

Sebastian Vettel, da Red Bull, ainda não conseguiu repetir os bons resultados de 2011 nesta temporada. Assim como havia acontecido na Austrália, o alemão fez o sexto tempo do classificatório para o GP da Malásia neste sábado (24). Porém, vai largar em quinto pela punição que Kimi Raikkonen levou no segundo treino livre.

Leia também: Massa tem seu pior início em classificatórios pela Ferrari

Após o treino, Vettel admitiu que não conseguiu se sentir bem no RB8. “Não me senti bem no carro e lutei para encontrar o equilíbrio, então não consegui tirar tudo dele para a volta rápida”.

O alemão explicou também que o carro não é fácil de ser pilotado, mas espera melhora de desempenho na corrida. “Acho que na corrida devemos ir melhor, mas vocês podem ver que não temos o carro mais fácil de ser pilotado. Nós estamos cientes disso e estamos trabalhando duro”.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

O resultado do classificatório deixa novamente Vettel atrás de seu companheiro, Mark Webber, no grid de largada nesta temporada. No ano passado, o bicampeão mundial fez 15 poles e seu pior lugar no grid foi uma 3ª posição, no GP da Alemanha. Esta foi uma das três vezes em que Vettel largou atrás do companheiro em 2011. Na Espanha e na Inglaterra, Webber também fez a pole, deixando o alemão em segundo.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Webber concorda com Vettel e acredita em uma melhora na performance durante a corrida. “Não foi tão ruim, nós tivemos um treino razoável. Em Melbourne fomos mais fortes na corrida do que no classificatório e, olhando para a diferença da pole hoje, parece que estamos dois ou três décimos atrás, o que é um passo na direção certa”. Acompanhe tudo que acontece no GP da Malásia ao vivo no Tempo Real do iG, neste domingo (25), às 5 horas.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG