Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Derrota na Alemanha deixa a Red Bull em alerta

Apesar de exaltar o desempenho da equipe, Horner admitiu que a corrida serve de lição para a escuderia

iG São Paulo |

Quarto colocado no Grande Prêmio da Alemanha de domingo (24), Sebastian Vettel passou duas corridas sem pontuar pela primeira vez neste ano. Mesmo assim, o alemão mantém liderança confortável no Mundial de Pilotos, e a Red Bull também é a melhor no Mundial de Construtores. Apesar de exaltar o desempenho de sua escuderia no ano, Christian Horner, chefe da equipe austríaca, admitiu que a corrida serve como alerta para seu time.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Conseguirmos ser competitivos em tipos muito, muito diferentes de pista. Conseguimos a pole em todas as corridas neste ano, vencemos seis de dez e estivemos no pódio em todas as corridas, então está longe de ser um desastre. Mas, com certeza, essa corrida é uma lembrança de que não podemos relaxar, e nenhum membro da equipe está relaxado no momento. Todo mundo está se esforçando ao máximo”, disse Horner.

O dirigente lembrou que, pela primeira vez no ano, Ferrari e McLaren conseguiram, juntas, tomar pontos da Red Bull. Mesmo assim, a escuderia austríaca conseguiu colocar seus pilotos em terceiro e quarto.

“Não vamos nos esquecer que, no primeiro GP, Lewis não estava tão longe, mas a tendência era que ou McLaren ou Ferrari nos desafiassem. Neste fim de semana, as duas o fizeram, então acho que a escuderia realmente se desenvolveu, e acho que operacionalmente estamos muito, muito fortes”, opinou Horner.

Leia tudo sobre: Sebastian VettelRed BullChristian HornerF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG