Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Decisão sobre o retorno de Kubica sairá no meio do ano

Médico responsável declarou que piloto ainda precisa ser observado para confirmar sua volta às pistas

iG São Paulo |

O médico responsável pelo caso do polonês Robert Kubica afirmou nesta sexta-feira que a decisão sobre o retorno do piloto aos grids sairá no meio deste ano. Segundo o Dr. Riccardo Ceccarelli, uma posição sobre este caso só poderá ser tomada no mínimo seis meses depois do acidente, que ocorreu dia 06 de fevereiro. Kubica recebeu alta na última semana, e deverá sair do hospital nos próximos dias.

Siga o iG automobilismo no Twitter.

Getty Images
Robert Kubica sofreu grave acidente em fevereiro deste ano
“Precisamos esperar pela natureza da recuperação do piloto”, justificou Ceccarelli. “Estamos confiantes em sua capacidade de cura“. De acordo com o italiano, o contato com outros médicos que acompanharam o caso é importante para a análise clínica. “Manteremos diálogo com todos os envolvidos, principalmente com o Dr. Igor Rossello”, disse, referindo-se ao responsável pela operação na mão direita do piloto.

Quando receber alta, Kubica irá para sua casa em Mônaco, e posteriormente voltará às instalações de Ceccarelli. No entanto, segundo o médico, o quadro do piloto já está sendo acompanhado com rigor. “Há um grupo de pelo menos quatro pessoas cobrindo o caso de seis a oito horas por dia”, afirmou.

Todo esse tempo para a previsão do retorno de Kubica se dá principalmente pela demora na reabilitação dos nervos. “Reconstruí-los é a parte mais longa do processo. Por isso quatro meses é pouco tempo para prever algo a respeito disso”, finalizou o médico.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG