Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Críticas a Hamilton viraram uma "bola de neve", diz Whitmarsh

De acordo com o chefe de equipe da McLaren, seu piloto foi exageradamente repreendido por suas atitudes

iG São Paulo |

Chefe de equipe da McLaren, Martin Whitmarsh acredita que as críticas que Lewis Hamilton recebeu nesta temporada foram injustas. De acordo com o dirigente, a quantidade de pessoas que falou sobre a postura do piloto transformou a situação em uma “bola de neve”.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Ele está frustrado por não estar no topo o tempo inteiro, e francamente parte disso foi simplesmente por falta de sorte. Inevitavelmente, a imprensa passou a ficar em cima dele, dizendo que ele é muito agressivo, que ele é muito isso, é muito aquilo, e então você tem Niki Lauda e outras pessoas dizendo suas opiniões. Uma vez que isso começa, vira uma bola de neve”, disse Whitmarsh, em entrevista ao site oficial da Fórmula 1.

De acordo com o dirigente, é injusto com Hamilton comparar o seu temperamento ao de seu companheiro de McLaren, Jenson Button.

“Não podemos esquecer que Jenson é mais velho, mais experiente e passou por muitas dificuldades, então acho que sua carreira o tornou muito polido. Algumas pessoas dizem até que ele é relaxado demais, mas ele demonstrou no Canadá que é determinado e que quer vencer desesperadamente”, declarou o chefe de equipe.

Leia tudo sobre: Lewis HamiltonMcLarenF1Martin Whitmarsh

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG