Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Corrida na China teve maior número de ultrapassagens desde 1990

Mark Webber, que terminou na terceira posição, foi responsável por 14 das 63 manobras

iG São Paulo |

O Grande Prêmio da China do último domingo (17) ficou marcado pelo grande número de ultrapassagens. A mais importante aconteceu na 52ª volta, quando Lewis Hamilton assumiu a liderança da prova ao deixar Sebastian Vettel para trás.

Mas o britânico da McLaren não foi quem mais se destacou por ultrapassagens na corrida. O feito coube a Mark Webber. O piloto da Red Bull, que largou na 18ª colocação, terminou a corrida em terceiro. De acordo com o site da Revista Autosport, o australiano realizou ao todo 14 ultrapassagens.

Foi o maior número de manobras deste tipo desde Eddie Irvine que, em 1999, pela Ferrari, fez 19 ultrapassagens no Grande Prêmio da França. O recorde absoluto é de Alain Prost, com 22, em 1984, no Grande Prêmio da África do Sul.

No geral, o Grande Prêmio da China teve 63 ultrapassagens, uma a mais do que na prova chinesa do ano passado. Isso significa que a corrida do último domingo teve o maior número de ultrapassagens desde 1990, no Grande Prêmio do México, onde aconteceram 70 manobras.
 

Leia tudo sobre: gp da chinamark webberlewis hamilton

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG