Equipe italiana já terá de correr sem a peça nos treinos deste sábado na Espanha

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) resolveu banir a asa traseira da Ferrari, uma das novidades aerodinâmicas que a equipe italiana levou para o Grande Prêmio da Espanha. Nesta sexta-feira (20), a entidade avisou que estava investigando a legalidade do design da peça .

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

O problema da novidade da Ferrari é um suporte mais alto do que o normal, deixando a asa traseira em uma altura maior do que a permitida. Depois da implantação da peça, a FIA decidiu analisá-la de perto, e, neste sábado, optou por bani-la.

Mesmo com a novidade, a Ferrari não conseguiu entrar no Top 3 em nenhum dos treinos livres da sexta. Na primeira sessão , Fernando Alonso foi o quarto melhor, enquanto Felipe Massa ficou em 16º. Na segunda prática , o espanhol ficou com a quinta colocação, e o brasileiro com a oitava.

A escuderia italiana já não poderá usar sua asa a partir do terceiro treino livre, que acontece às 6h deste sábado. Acompanhe a sessão ao vivo no Tempo Real do iG .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.