Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

"Condições no Q3 foram as piores possíveis", diz Massa

Brasileiro largará em quarto no GP da Bélgica e torce para pista seca no domingo

iG São Paulo |

Neste sábado (27), Felipe Massa se classificou em quarto para o Grande Prêmio da Bélgica, em treino marcado pela chuva. O brasileiro largará à frente de seu companheiro de Ferrari, Fernando Alonso, pela segunda vez na temporada. Ele reclamou do clima instável em Spa-Francorchamps, mas disse estar satisfeito com seu resultado. Neste domingo (28), às 9h, acompanhe a corrida no Tempo Real do iG.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“As condições no Q3 foram as piores possíveis para nós: não conseguimos ter o melhor nível de aderência desde o começo, porque sofremos muito para conseguir elevar a temperatura dos pneus”, declarou Massa, sexto colocado no Mundial de Pilotos.

O piloto Ferrari , no entanto, está satisfeito com seu desempenho. “No começo da sessão, quando começou a chover, se tivessem me oferecido o quarto lugar, teria assinado por ele na hora. Meu resultado não foi ruim, mesmo que os carros à minha frente tenham mostrado um ritmo muito mais rápido”.

Para a prova de domingo, o brasileiro torce para que não chova e acha difícil prever as estratégias das equipes. “Se tivermos uma pista seca, poderemos ser mais competitivos e espero lutar com os pilotos que estiveram à minha frente hoje. É difícil fazer previsões, porque não temos muitos dados sobre o desgaste dos pneus, mas penso que veremos duas ou três paradas”, acrescentou o piloto.
 

Leia tudo sobre: F1Felipe MassaFerrariSpa-Francorchamps

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG