Prova indiana acontece neste fim de semana, mas 40 mil entradas ainda estão disponíveis

A organização do Grande Prêmio da Índia, que será realizado neste fim de semana, deve receber cerca de 80 mil espectadores no recém-inaugurado circuito de Buddh . No entanto, as vendas das entradas estão abaixo do esperado, visto que o local tem capacidade para 120 mil pessoas.

Veja também: Corrida em casa será um sonho realizado para chefe da Force India

"Vendemos cerca de 80 mil ingressos, o que é bastante encorajador levando em conta que é a primeira corrida de Fórmula 1 no país. Claro que seria melhor se tivéssemos vendido 90% da bilheteria, porque a venda de ingressos é a única fonte de receita para nós. Mas ainda faltam alguns dias e estamos mantendo nossos dedos cruzados", explicou um porta-voz da empresa promotora Jaypee. Os ingressos agora estão sendo vendidos a preços promocionais.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Nesta quarta-feira (26), o piloto Timo Glock declarou em entrevista ao site alemão T-Online  que não foi muito bem recebido em sua chegada ao país. "Tenho a impressão que os indianos realmente não querem nos ver. Espero que os fãs nos acolham melhor do que as autoridades de imigração", disse.

Heikki Kovalaianen, por sua vez, também não poupou críticas à burocracia para se entrar no país. Os pilotos tiveram problemas para conseguir vistos. "Tive que preencher cerca de 70 páginas de documentação. É irreal", ressaltou.

O Grande Prêmio da Índia acontece neste domingo (30), às 7h30 (de Brasília).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.