Japonês, que terminou na 10ª colocação, havia prometido pontos para Peter Sauber

A Sauber conseguiu conquistar um ponto neste domingo (8) no GP da Turquia , apesar da má classificação no grid, com Sergio Pérez largando em 15º e Kamui Kobayashi na última posição. O japonês não conseguiu marcar tempos durante os treinos classificatórios por conta de uma falha técnica no carro. Após inúmeras ultrapassagens e um furo no C30, Kobayashi terminou em décimo numa boa corrida de recuperação, enquanto Pérez finalizou a prova em 14º.

Siga o iG automobilismo no Twitter

"Foi muito divertido hoje, realmente gostei desta corrida. Antes da corrida tinha prometido ao Peter (Sauber) que somaria pontos hoje. Foi apenas um ponto, porque perdemos muito tempo devido a um furo no meu carro, resultado do toque em Sébastien Buemi quando o ultrapassei. Caso contrário, acho que poderíamos ter terminado em sétimo marcando mais pontos”, falou Kobayashi.

O japonês ainda quis agradecer a escuderia suiça por conquistar pontos novamente. “O carro estava ótimo e a equipe também tinha uma estratégia muito boa para mim, por isso quero agradecer aos membros da equipe. No final, tive que ser um pouco cuidadoso para economizar os pneus, porque a última série sofreu por um longo tempo, com 20 voltas, mas funcionou bem".

Desconsiderando o GP da Austrália, Kobayashi conquistou pontos em todas as corridas restantes da temporada. Em Melbourne, Pérez e Kobayashi terminaram em sétimo e oitavo, respectivamente, mas devido ao uso irregular da asa móvel, foram desclassificados do grid final.

Pérez, ao contrário de Kobayashi, lamentou os problemas na Turquia. "Nós tivemos um bom ritmo hoje e eu claramente tinha a chance de marcar meus primeiros pontos. Foi uma pena o que aconteceu na primeira volta. Pastor Maldonado freiou muito rápido na minha frente e eu não pude evitar de bater nele. Quebrei minha asa dianteira e teve que ir aos boxes. Fora isso, achei muito difícil de lidar com os pneus , ambos os compostos na verdade, mas o carro estava realmente bom", lamentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.