Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Com Japão em crise, F1 no país vira preocupação para Ecclestone

Após prejuízo no ano passado, dirigente calcula que dano pode ser ainda maior em 2011

iG São Paulo |

Chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone está preocupado com o Grande Prêmio do Japão. De acordo com reportagem do jornal britânico Daily Mail, a corrida no país asiático causou prejuízo de 5,2 milhões de dólares (cerca de R$ 8,2 milhões) em 2010. Neste ano, espera-se uma renda ainda menor por conta dos danos causados pelo tsunami, em março, e da crise nuclear que o país vive desde então.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

“O problema não tem a ver com danos no circuito, e sim com o tamanho do dano comercial na venda de ingressos”, avaliou Ecclestone, lembrando que o autódromo de Suzuka não foi afetado pelo tsunami.

De acordo com o dirigente, a Fórmula 1 ofereceu assistência ao Japão em outros casos de desastres naturais.

“Já tivemos problemas com um terremoto, e tentamos ajudá-los”, disse Ecclestone.

Leia tudo sobre: Bernie EcclestoneGP do Japão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG