Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Com contrato até o final do ano, Massa evita pensar no futuro

Brasileiro da Ferrari quer entrar na temporada 2012 focado em ser competitivo nas corridas

Gazeta |

Em baixa na Ferrari, Felipe Massa tem contrato com a escuderia italiana até o final desta temporada. Cobrado pelos diretores da própria equipe, o piloto brasileiro evita tecer grandes comentários sobre o futuro e fala em dar o máximo no ano.

Leia também: De carro verde-amarelo, Rubinho testa novamente na Indy

Para Massa, não é bom entrar no carro pensando em outras coisas. "Estou entrando na temporada com o objetivo de fazer o meu melhor, dentro e fora do carro. Espero ser competitivo e capaz de lutar pelas metas mais importantes, como vitórias e resultados. Se você pilota com a cabeça em alguma outra coisa, não fará seu trabalho adequadamente", declarou.

Massa venceu uma corrida pela última vez na Fórmula 1 em 2008, quando foi vice-campeão por apenas um ponto, e, no ano passado, não passou do quinto lugar. Questionado se já está acostumado a ter seu futuro na Ferrari condicionado aos resultados de 2012, ele contestou: "não, absolutamente não".

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

O brasileiro testou o novo modelo da escuderia durante os períodos de treinamento em Jerez de la Frontera e Barcelona. Na última sexta-feira (24), na Catalunha, o carro finalmente superou a barreira das 100 voltas, e Massa terminou em quinto.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Durante os testes da pré-temporada, equipes consideradas como "zebras" como Force India, Williams e Sauber chegaram a terminar no topo da tabela de tempos. "Estamos prontos para lutar, mas é impossível dizer realmente como estamos em relação aos outros. Vamos descobrir isso apenas quando todos estejam com pouca gasolina e pneus macios ao mesmo tempo, o que acontecerá na qualificação de Melbourne", afirmou.

As equipes voltam a treinar na pista catalã na próxima quarta-feira (1 de março), mas Ferrari e Red Bull adiaram suas programações e só voltam no dia 2.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Felipe MassaFerraricontrato

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG