De acordo com Martin Whitmarsh, atitude do piloto alimentou os boatos sobre seu futuro

As especulações sobre uma possível transferência de Lewis Hamilton para a Red Bull começaram depois que o piloto foi visto conversando com o chefe da equipe austríaca , Christian Horner. Martin Whitmarsh, dirigente da McLaren, lamentou a atitude do britânico.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Foi um equívoco de Lewis porque deu munição para os rumores. Sinto muito por Lewis porque sei que ele é um pouco mais sensível do que eu em assuntos como este”, disse o chefe de equipe da McLaren, em entrevista ao jornal britânico Daily Mail .

Whitmarsh negou que a conversa de Hamilton com Horner possa significar uma possível transferência do piloto para a Red Bull na próxima temporada.

“Eu também fui visitar Christian, e eu não acho que vou me transferir para a Red Bull no ano que vem”, ironizou o dirigente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.