Tamanho do texto

Whitmarsh acredita que brasileiro poderia ter evitado o acidente e reclama de Vettel

No Grande Prêmio do Japão , disputado no domingo (9), Felipe Massa e Lewis Hamilton voltaram a se envolver em um acidente . De acordo com Martin Whitmarsh, chefe de equipe da McLaren, os dois pilotos parecem se atrair nas pistas.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Tristemente, eles parecem imãs, não parecem? Lewis não o viu. Você pode argumentar que ele deveria ter visto, mas talvez os retrovisores não sejam grandes o suficiente. Na verdade, Massa (no acidente com Hamilton) teve mais espaço do que Jenson na largada e se tivesse se movido mais teria evitado o contato”, declarou Whitmarsh, reclamando da manobra de Sebastian Vettel sobre Jenson Button nos primeiros metros da corrida.

O dirigente da McLaren acredita que Lewis Hamilton, que chegou a estar em segundo no Japão, poderá em breve voltar a apresentar seu melhor desempenho nas pistas.

“Ele é um grande piloto. Ele não gosta de não vencer, mas vai melhorar. Espero que na semana que vem possamos comemorar uma de suas maiores vitórias, e isso é inteiramente possível. É como qualquer atleta de alto nível. Sua confiança tem altos e baixos e, neste momento, ele está com um pouco de azar. Ele está em uma situação em que pode melhorar muito, muito rapidamente”, declarou Whitmarsh.