Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Chefe da Mclaren compara agressividade de Hamilton a Ayrton Senna

De acordo com Martin Whitmarsh, pilotos 'corajosos' tendem a irritar seus adversários

iG São Paulo |

Chefe de equipe da McLaren, Martin Whitmarsh elogiou a agressividade de Lewis Hamilton, que voltou a se envolver em polêmicas durante o fim de semana do Grande Prêmio de Cingapura. De acordo com o dirigente, essa é a postura de pilotos corajosos, como o próprio Hamilton e Ayrton Senna.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Estamos em um ponto em que faltam poucas corridas para o fim da temporada. Gostaríamos de atacar essas corridas. Não acho que Lewis esteja aqui para fazer amigos. Veja os últimos 20 anos. Aqueles que atacam, pilotos corajosos, irritam os outros. Se você relembrar Ayrton enquanto era jovem, ele nunca causou um acidente. Sempre era culpa de outra pessoa. Ele tinha uma autoestima enorme e irritava muitos pilotos”, disse Whitmarsh.

O chefe da McLaren afirmou que prefere ver Hamilton agressivo como foi em Cingapura do que conservador como no Grande Prêmio da Itália.

“Lewis foi para a última corrida tentando desesperadamente se afastar de problemas, e conseguiu. E, para ser honesto, todos nós nos perguntamos ‘onde está o velho Lewis? Ótima disciplina, mas vamos voltar’. Foi o que eu disse a ele”, declarou Whitmarsh.

Leia tudo sobre: Lewis HamiltonMcLarenF1Martin WhitmarshAyrton Senna

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG