Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Chefe da McLaren ainda acredita no título desta temporada

Martin Whitmarsh admitiu que precisa da ajuda da Ferrari e elogiou a boa fase de Lewis Hamilton

iG São Paulo |

Martin Whitmarsh, chefe da McLaren, ainda acredita que sua equipe pode ser campeã do Mundial de Construtores deste ano. A escuderia está 103 pontos atrás da líder Red Bull, mas em compensação vem em um bom momento, já que venceu as duas últimas corridas da temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Acho que é difícil, mas é possível. E vencer corridas é difícil, mas acho que tudo o que você pode fazer é tentar vencer cada corrida. Claro que as pessoas se focam no campeonato, mas acho que se você não está liderando, não pode se preocupar muito com isso”, disse Whitmarsh, em entrevista à revista britânica Autosport, admitindo que precisa da ajuda da Ferrari se quiser brigar pelo título.

“Eu gostaria de uma dobradinha, e seria conveniente se o terceiro carro no pódio não fosse uma Red Bull, então nós ficaríamos felizes com a Ferrari no pódio também. O que quer que aconteça, nós vamos tentar vencer todas as corridas, e isso é um grande desafio”, completou.

Whitmarsh vê com bons olhos o momento de Hamilton, que, após uma temporada de altos e baixos, parece enfim estar satisfeito com o desempenho da McLaren. Assim como seu chefe, o piloto também acredita no título neste ano.

“Acho que seu lado otimista tomou conta agora, porque de repente ele acredita que pode vencer, e até melhorou seus tempos de volta com isso. Acho que Lewis quer vencer desesperadamente. Ele ainda leva muito para o lado da emoção o que é dito na mídia. Mas ele vai aprender. Ele é jovem, recebe muita atenção, muita pressão, muita expectativa”, declarou o chefe da McLaren.

Leia tudo sobre: Lewis HamiltonMcLarenF1Martin Whitmarsh

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG