Boullier diz que diferença para os times de ponta está muito menor do que no ano passado

O desempenho da Lotus nos testes de pré-temporada da Fórmula 1 deixou o time confiante. O chefe da equipe, o francês Eric Boullier, acredita que a escuderia está em condições de pressionar Red Bull e McLaren, que dominaram a temporada passada da categoria.

Leia também: Red Bull deve ir à Austrália com carro sem últimas atualizações

Em 2011, ainda com o nome de Lotus-Renault, o time teve muitas dificuldades de acompanhar o ritmo dos líderes e encerrou o Mundial de Construtores na quinta colocação. O melhor piloto da escuderia na temporada foi o russo Vitaly Petrov, hoje na Caterham, com apenas o décimo lugar da temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Já nos treinos de pré-temporada de 2012, a Lotus foi uma das equipes de destaque. Na última bateria de testes em Barcelona, o time liderou três dos quatro dias de atividades com o francês Romain Grosjean e o  finlandês Kimi Raikkonen, que retorna à Fórmula 1 após dois anos afastado.

"O que é muito encorajador é que mesmo se acreditarmos que eles estão na nossa frente, a diferença em relação ao ano passado foi reduzida e isso mostra que podemos alcançá-los", afirmou Boullier ao site da revista britânica Autosport .

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

"O bom é que o carro já era bom desde o dia em que saiu da fábrica. Ele foi bem desenhado e é claramente um passo à frente em relação ao ano passado. Claramente a base é boa. O carro não é fácil, mas os pilotos gostam dele, ficam confortáveis e confiantes", concluiu o francês.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.