Britânico acredita que a McLaren teve uma pré-temporada forte, mas que o campeonato será apertado

Vice-campeão da Fórmula 1 no ano passado, o britânico Jenson Button falou sobre a nova temporada, que começa no dia 18 de março, com o GP de Austrália. Para o piloto da McLaren, haverá surpresas, pois algumas equipes esconderam o jogo nos testes coletivos e podem aparecer bem na primeira corrida.

Leia também: Dono da Lotus lamenta deterioração do relacionamento com Kubica

"É difícil entender a relação de forças neste período porque muitas equipes escondem o jogo. Acho que será extremamente parelho e mal posso esperar para descobrir onde estamos na relação de forças do grid", declarou o britânico.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A McLaren foi colocada em dúvida no início do ano por não apresentar o degrau no bico, inovação presente em todos os grandes carros, mas foi bem nos testes coletivos de pré-temporada e voltou a ser cotada como uma das favoritas. "Sempre queremos completar mais voltas e ter mais tempo dentro do carro, mas, ao contrário do ano passado, tivemos um início de pré-temporada muito sólido", avaliou Button.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

O circuito de Albert Park, em Melbourne, traz boas lembranças para o piloto, que fez sua estreia na pista australiana e já foi pole na etapa. "Meu primeiro GP foi lá, em 2000. Foi muito intenso, todo o fim de semana passou rapidamente. Fiz pole lá em 2006, o que é uma outra boa lembrança", contou.

"Mas acho que as duas lembranças mais significativas para mim foram em 2009, quando venci largando da pole com a Brawn GP, e a vitória em 2010. Foi lá onde venci pela primeira vez com a McLaren de maneira totalmente inesperada, embora tenha sido um resultado significativo para mim",  acrescentou Button.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.