Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Button crê em título de 2012 e aposta em harmonia da McLaren

Em seu terceiro ano na equipe, britânico diz ter um ótimo relacionamento com todos

Gazeta |

Na McLaren desde 2010, Jenson Button se sente muito à vontade na equipe e aposta em bons resultados da parceira com Lewis Hamilton. O campeão de 2009 acredita que pode conquistar mais um título da Fórmula 1 nesta temporada.

Leia também: Companheiro de Bruno Senna faz melhor tempo da manhã em Barcelona

"No ano passado, senti que fiz o melhor com o carro que tinha, que realmente cresci com o time. Me senti parte da McLaren, não apenas um piloto, mas uma grande parte do time", declarou Button à agência de notícias Reuters.

O britânico foi vice-campeão no ano passado, atrás apenas de Sebastian Vettel, e se mostrou confiante quanto a conquista do título de 2012. "Não há desculpas para este ano. Sinto que temos tudo", declarou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A McLaren foi colocada em dúvida por ser a única a não apresentar o degrau no bico, inovação dos carros da atual temporada, mas isso não preocupa o piloto. "Nosso programa é o nosso programa e apenas vamos segui-lo. O carro é bom de guiar, faz tudo que você espera que faça e me sinto muito confortável. Agora ele está se desenvolvendo para a primeira corrida", minimizou.

Button ainda ressaltou a importância do clima positivo dentro da equipe: "A relação que tenho com meus engenheiros e mecânicos é muito boa e a gente se entende bem".

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

O britânico de 32 anos já conquistou um título mundial na principal categoria do automobilismo em 2009, quando defendia a escuderia Brawn. Entretanto, acredita que a conquista pela McLaren seria diferente.

"Agora estou muito feliz com a minha posição no time e conquistar o título com a McLaren seria incrível", destacou. "Com qualquer time seria incrível, mas com uma equipe onde você está há dois anos, tem um relacionamento tão bom e se sente uma parte tão grande em um tempo tão curto, significa mais do que só aparecer e pilotar o melhor carro", explicou Button.

Leia tudo sobre: f1jenson buttonmclarenlewis hamilton

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG