Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Button, Alonso e Webber lutam pelo vice-campeonato em Interlagos

Inglês da McLaren é favorito na disputa pelo segundo lugar no Mundial. Veja o que cada piloto precisa fazer no GP do Brasil

Mariana Gianjoppe, iG São Paulo |

No dia 27 de novembro, a Fórmula 1 realiza sua última etapa do ano, no Brasil. O título já é de Sebastian Vettel e a Red Bull já garantiu seu bicampeonato de construtores. Mas nem tudo está decidido nesta temporada. A disputa pelo vice-campeonato continua acirrada e ainda envolve três pilotos: Jenson Button, Fernando Alonso e Mark Webber. Apesar de ter vencido a última corrida, em Abu Dhabi, Lewis Hamilton já está matematicamente fora da briga.

Leia também: Bernie Ecclestone diz que GP dos Estados Unidos deve ser cancelado

Button, campeão em 2009, vai a Interlagos como grande favorito. Ele carrega 255 pontos, dez a mais que Alonso, terceiro colocado, e, portanto, só depende de si mesmo para garantir o vice. O britânico da McLaren precisa apenas de um pódio no GP do Brasil para terminar em segundo na classificação do campeonato sem depender de nenhum outro resultado. Isso porque, mesmo que Alonso vença, somando 25 pontos, e ele chegue em terceiro, somando 15 pontos, Button ganha no critério de desempate, já que tem mais vitórias do que o espanhol.

Getty Images
Fernando Alonso e Jenson Button brigam pelo vice-campeonato da temporada da Fórmula 1 - britânico da McLaren é favorito

E subir ao pódio não tem sido um problema para Button nesta temporada – já foram 11 nas 18 provas realizadas até agora, contabilizando três vitórias, quatro segundos lugares e quatro terceiros. O rendimento do piloto é ainda melhor se forem consideradas apenas as últimas oito corridas: desde o GP da Hungria, quando ainda era o quinto colocado no campeonato, o britânico só não chegou entre os três primeiros na Coreia, quando terminou em quarto. Nesse período, somou 146 pontos, enquanto Alonso somou 115, e Webber apenas 94.

Siga o iG Automobilismo no twitter

Caso Alonso não conquiste a vitória em Interlagos, a situação de Button fica ainda mais confortável. Se o ferrarista for segundo, o britânico pode chegar até em sexto que ainda será vice-campeão. Se o espanhol for terceiro, o campeão de 2009 precisa apenas da sétima colocação. E se o rival for quarto, Button só terá de somar dois pontos, na nona posição. Caso Alonso termine a prova abaixo da quarta colocação, Button não precisará nem pontuar.

AP
Mark Webber corre por fora na disputa pelo vice

Com apenas 233 pontos, Mark Webber corre por fora na disputa. Somente a vitória mantém o australiano vivo na briga – vale lembrar que ele ainda não subiu ao lugar mais alto do pódio nesta temporada. Porém, mesmo que vença, Webber precisará contar com a sorte para ver Alonso fora do pódio e Button abaixo da oitava colocação.

 A única vantagem do australiano está em seu histórico em Interlagos: ele é o único dos três pilotos que já venceu no circuito brasileiro. Além da vitória em 2009, Webber ainda chegou em segundo em 2010. Nos mesmos dois anos, Button ficou apenas na quinta colocação, enquanto Alonso tem como melhor resultado um terceiro lugar no GP do Brasil do ano passado.

Confira o que cada um dos pilotos precisa para ser vice-campeão

Jenson Button: Só precisa subir ao pódio para garantir o vice-campeonato matematicamente. Caso contrário, tem de impedir que Alonso some 11 pontos a mais do que ele. Só perde posição para Webber se o australiano vencer a prova e Button ficar abaixo da oitava posição.

Fernando Alonso: Se vencer e Button ficar fora do pódio, garante o vice. Se não ganhar, precisa somar 11 pontos a mais do que Button e não deixar Webber tirar a vantagem que hoje é de 12 pontos.

Mark Webber: Só será vice se vencer a corrida. Ainda assim, tem de torcer para Button ficar abaixo da oitava colocação e para Alonso não subir ao pódio.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG