Piloto admite que um dia já sonhou em pilotar pela escuderia italiana, mas que prioridade agora é conquistar título pela McLaren

Depois de ver seu nome ligado a especulações de uma possível saída da McLaren, Jenson Button afastou nesta quarta-feira (21) os rumores de que ele iria se transferir para a Ferrari no próximo ano. O piloto britânico veio a público para negar a existência de qualquer tipo de negociação para que troque o time inglês pelo italiano em 2012.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O contrato de Button com a McLaren se encerra no final desta temporada , o que gera as especulações de que ele entraria no lugar de Felipe Massa em 2012, pelo desempenho aquém das expectativas por parte do piloto brasileiro nos últimos dois anos. Massa, no entanto, tem contrato até o final da próxima temporada e Stefano Domenicali, chefe da escuderia de Maranello, garantiu que o brasileiro cumpre seu acordo até o fim.

O campeão da temporada 2009 admitiu que já sonhou pilotar uma Ferrari um dia na vida, mas garantiu que essa não é uma prioridade em sua carreira. "Quando estava crescendo, tinha vontade de pilotar em uma das três grandes equipes (Williams, McLaren e Ferrari). Mas isso não significa que eu precise pilotar pela Ferrari para realizar o sonho de infância, porque quando você cresce as coisas mudam", contou.

Button ratificou a vontade de permanecer na McLaren, por onde quer faturar o segundo título da carreira - ele venceu com a Brawn GP há dois anos, e é piloto da Fórmula 1 desde 2000. "Estou feliz aqui. Se puder vencer um campeonato na McLaren, ficarei ainda mais feliz", anseia o inglês, que estará no Grande Prêmio de Cingapura deste final de semana.

O Tempo Real do iG acompanha todos os detalhes da 14ª etapa da temporada. O classificatório acontece neste sábado (24) às 11h (de Brasília) e a corrida tem início às 9h de domingo (25).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.