Tamanho do texto

Empresa, que já patrocina Felipe Massa, chegou a acordo com piloto da Williams

O banco Santander Brasil anunciou nesta quinta-feira (1) que chegou a um acordo para patrocinar mais um piloto de Fórmula 1. O escolhido é Bruno Senna, da equipe Williams. O mesmo banco já patrocina Felipe Massa e a escuderia Ferrari, acordo recentemente renovado até 2017.

Leia também: Confirmado na Indy, Rubinho promete não facilitar para Kanaan

Com o novo patrocínio, Bruno Senna passará a estampar o logo do Santander no capacete e no boné, além de fazer parte de futuras peças de comunicação do banco. Piloto e empresa já estiveram juntos de 2007 a 2008, quando o brasileiro estava na GP2.

"O Santander estava ao meu lado quando conquistei minhas vitórias mais importantes, em pistas de grande tradição como Barcelona, Monte Carlo e Silverstone. Será um enorme prazer retomar essa ligação. Quando começamos a parceria, lá atrás, a ideia era alcançar a Fórmula 1 juntos. Fico feliz que isso tenha acontecido", completou o piloto de 28 anos.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Em fevereiro, o Santander já havia anunciado a renovação de seu acordo com a Ferrari até 2017 - banco e escuderia já estão juntos desde 2010. Além disso, a empresa continua sendo a principal patrocinadora dos Grandes Prêmios da Itália, da Inglaterra, da Alemanha e da Espanha, mantendo ampla presença também nos GPs da Europa e do Brasil.