Tamanho do texto

Dono da escuderia veio ao Brasil para tentar encontrar patrocinadores para o piloto brasileiro

Divulgação
O brasileiro Bruno Senna é atualmente piloto de testes da Lotus Renault
De acordo com reportagem da revista alemã Auto Motor und Sport , Gerard Lopez, dono da Lotus Renault, veio ao Brasil antes do Grande Prêmio do Canadá com o objetivo de encontrar patrocinadores para Bruno Senna. A equipe tem a intenção de preparar o brasileiro para substituir Nick Heidfeld ainda nesta temporada , caso os resultados do alemão não melhorem.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Heidfeld, que ocupa a oitava colocação no Mundial de Pilotos , com 29 pontos conquistados, abandonou o GP do Canadá após acidente com Kamui Kobayashi. No entanto, o alemão foi elogiado por Eric Boullier, chefe da Lotus Renault, após a prova.

“Até a batida, sua corrida estava perfeita”, declarou o dirigente.

Ainda de acordo com a reportagem, um bom patrocinador pode ajudar Bruno Senna, atual piloto de testes da Lotus Renault, já que a equipe precisa de dinheiro para pagar fornecedores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.