Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Bruno Senna diz que perdeu rendimento na Índia por causa do KERS

Brasileiro largou bem, mas ficou em 12º e perdeu chance de pontuar no final da prova

iG São Paulo |

O Grande Prêmio da Índia deste domingo (30) foi confuso para Bruno Senna, de acordo com o próprio piloto. Ele largou em 14º no Circuito Internacional de Buddh e, logo no final da primeira volta, já se encontrava em 10º. No penúltimo giro, entretanto, o brasileiro, que era nono, teve de fazer pit stop para colocar um jogo de pneus duros e, assim, perdeu a chance de pontuar. Segundo o piloto da Lotus Renault, 12º no final, o KERS foi um revés nesta 17ª etapa da temporada.

Veja também: Sem sofrer ameaças, Vettel vence o Grande Prêmio da Índia

“Foi uma prova muito confusa para mim na Índia. Meu começo foi forte, subi quatro posições e estava satisfeito com isso”, afirmou Senna. “Depois, infelizmente, tive problemas no KERS e fiquei sem condições de reagir. Assim ficou difícil de ser competitivo no resto da corrida”, completou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Senna afirmou que após sua primeira troca de pneus, ainda deu para manter o ritmo forte, mas lamentou não ter conseguido ficar assim até o fim da prova. “Poderíamos ter tido a oportunidade de pontuar, mas agora precisamos corrigir os erros cometidos na Índia e tentar chegar nos pontos em Abu Dhabi e no Brasil”, finalizou o brasileiro, dono de 2 pontos no Mundial de Pilotos.
 

Leia tudo sobre: f1bruno sennaLotus Renaultbuddhkersfórmula 1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG