Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Bruno Senna diz que não dá para fazer "milagres" só com um treino

Brasileiro terá sua primeira chance na Lotus Renault no treino livre desta sexta-feira em Hungaroring

iG São Paulo |

O brasileiro Bruno Senna, terceiro piloto da Lotus Renault, disse nesta quinta-feira (28) que está animado para dar seus primeiros passos na escuderia. O piloto participará nesta sexta-feira do primeiro treino livre para o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1, no lugar de Nick Heidfeld.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Após disputar 18 corridas pela Hispania na temporada de 2010, Senna terá sua primeira chance de guiar durante um treino pela sua nova escuderia. "Estou muito feliz por poder pilotar amanhã. Não vejo a hora de poder entrar (no carro). Espero que seja um teste positivo, que possa ajudar a equipe", declarou o sobrinho de Ayrton.

"É muito bom poder voltar, sobretudo com a Lotus Renault. Estou ansioso para pilotar o carro em um fim de semana de corrida. Voltar com uma equipe grande será muito mais interessante do que o que vivi no passado", acrescentou.

Mas o piloto afirmou que não tem a ilusão de operar um milagre na Hungria, já que está longe das pistas há vários meses: “Não faz sentindo tentar ser um herói. Preciso ser realista: seis meses e metade da temporada é muito tempo. Sei exatamente como é estar em um carro por meia temporada e como isso faz ser muito mais fácil conseguir bons resultados”.

Sobre as especulações de que podeira entrar no lugar de Heidfeld como piloto oficial ainda este ano, Senna afirmou que este não é seu foco principal. "Sempre tentarei meIhorar minhas chances, mas meu plano principal é voltar a ter uma vaga no ano que vem".

* Com AFP

Leia tudo sobre: F1Bruno SennaLotus Renault

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG