Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Bruno Senna diz que meta é largar entre os 10 primeiros

Brasileiro quer repetir resultados de seus dois primeiros classificatórios, quando alcançou o Q3

AE |

selo

O brasileiro Bruno Senna revelou nesta quarta-feira (21) que o seu objetivo no treino de classificação para o Grande Prêmio de Cingapura é repetir os resultados dos GPs da Bélgica, onde fez a sua estreia pela Renault, e da Itália. Nessas provas, ele conseguiu se classificar para o Q3, largando, assim, entre os 10 primeiros. "A equipe vem evoluindo desde a Hungria e, se tudo funcionar direitinho, acho que poderei largar pela terceira vez entre os 10 primeiros".

Siga o iG Automobilismo no Twitter
 

Ao contrário das corridas anteriores, o circuito de Marina Bay, onde será disputado o GP de Cingapura, é mais travado, semelhante aos de Mônaco e da Hungria. "Esta é a pista que mais se assemelha à de Mônaco, onde corremos com o máximo de pressão aerodinâmica. A exemplo da Hungria, que também tem uma média de velocidade baixa, não fomos muito bem. Mas muita coisa mudou desde então e as evoluções que foram sendo incorporadas ao R31 deram resultado", disse. 

Senna revelou que a Renault testará um novo pacote aerodinâmico durante os treinos livres de sexta-feira (23), às 7h e às 10h30min (Brasília) em Cingapura. "Trouxemos um pacote aerodinâmico para cá que deve melhorar o downforce, mas ainda não sabemos quais serão os reflexos dessas mudanças em relação ao arrefecimento. Por isso, o (Vitaly) Petrov vai testar esse pacote na sexta-feira. Se funcionar bem, ele será incorporado ao meu carro no sábado", explicou.

O Tempo Real do iG acompanha todos os detalhes do final de semana em Cingapura. No sábado, às 11h, fique ligado no treino classificatório e no domingo, às 9h, acontece a corrida que pode definir Sebastian Vettel como bicampeão mundial.

Leia tudo sobre: bruno sennaf1lotus renaultcingapuramarina bay

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG