Brasileiro ressalta poder de recuperação em condições difíceis no GP da Malásia, que chegou em 6º

A corrida atípica que aconteceu em Sepang neste domingo (25) foi recheada de grandes momentos. Inclusive, a melhor posição de Bruno Senna em sua carreira na Fórmula 1. O brasileiro, que largou em 13º e foi parar na última posição logo nas primeiras voltas, fez boa prova de recuperação e terminou em sexto.

Leia também: Fernando Alonso vence corrida maluca na Malásia

Após o término da prova, Senna comemorou o ótimo desempenho. “Estou muito empolgado com o resultado de hoje. Estou muito feliz que marquei pontos para a equipe depois de uma corrida muito dura. É em dias como esse que você mostra o que pode fazer em condições difíceis”.

O resultado dá oito pontos ao brasileiro no campeonato. Senna havia pontuado apenas em uma prova até agora na categoria. Em 2011, o brasileiro assumiu o posto de piloto da Renault (atual Lotus) no meio da temporada. Em sua segunda corrida pela escuderia, em Monza, chegou na nona posição.

O primeiro ano de Senna na Fórmula 1 foi ainda mais difícil. O brasileiro correu pela HRT, pior equipe do grid, que pouco permitiu que Senna terminasse as corridas. Em 18 provas, Senna abandonou nove. Naquele ano, sua melhor posição foi um 14º lugar, na Coréia.

Na primeira corrida de 2012 , na Austrália, Senna abandonou e viu seu companheiro Pastor Maldonado fazer boa prova e chegar em sexto até a última volta, quando bateu e não conseguiu completar. Com isso, Senna sai na frente na disputa interna com o venezuelano na Williams.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.