Prova pode ser decisiva para Eric Lux, que se machucou na confusão e pretende processar o piloto

De acordo com reportagem do jornal suíço Blick , a casa noturna onde Adrian Sutil e Eric Lux se envolveram em uma confusão tem câmeras de segurança que gravaram o ocorrido. Na ocasião, o presdiente da Genii Capital – empresa que detém os direitos da Renault – lesionou-se e teve de tomar 24 pontos no pescoço, e decidiu processar o piloto da Force India .

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

A prova deve ser decisiva no caso, já que Sutil alega que, acidentalmente, machucou Lux com um copo de champanhe quebrado. Além do processo legal, o presidente da Genii Capital pretende entrar também com uma ação na Federação Internacional de Automobilismo (FIA), o que pode custar a super-licença do piloto alemão.

Em comunicado, Manfred Zimmermann, empresário de Sutil, afirmou que seu cliente vai fazer o possível para limpar seu nome , e que não falará mais sobre o assunto.

A Force India também se pronunciou sobre o assunto. Em comunicado oficial, a escuderia disse que vai continuar monitorando o caso e confirmou que Sutil continua na equipe .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.