Empresário defendeu o espanhol, que sofreu duras críticas da imprensa italiana após GP da China

Fernando Alonso foi alvo de críticas por parte da imprensa italiana após seu desempenho no Grande Prêmio da China, no último domingo (17). O espanhol, que largou na quinta colocação, terminou a prova em sétimo, atrás de seu companheiro de equipe, Felipe Massa.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Após a prova, muitos jornais italianos criticaram a atuação do piloto. “Não houve qualquer traço de um lutador”, afirmou o jornal La Stampa . Nesta terça-feira, porém, o empresário de Alonso, Flavio Briatore, defendeu o piloto e disse que a má campanha até aqui não é culpa do espanhol.

“O piloto é importante, mas o carro é ainda mais. O problema da Ferrari é o carro”, disse em entrevista à emissora italiana Sky Sport . Briatore também negou que Alonso esteja desmotivado na escuderia italiana.

“Fernando queria correr na Ferrari de qualquer jeito. Ele está mais do que satisfeito e fará de tudo para ter um carro mais competitivo”, finalizou Briatore. Alonso ocupa a quinta posição no Mundial de Pilotos, com 26 pontos, 42 atrás de Sebastian Vettel, líder do campeonato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.