Para o chefe da Mercedes, faltam apenas detalhes para que o alemão volte a fazer boas corridas

Depois de uma decepcionante 12ª colocação no Grande Prêmio da Turquia , Michael Schumacher chegou a declarar que tinha perdido a alegria de correr . Porém, Ross Brawn, chefe de equipe da Mercedes, acredita em uma recuperação do alemão neste domingo (22), no GP da Espanha.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“Tenho certeza de que a corrida não foi muito alegre, e foi a isso que ele se referiu. Quando você tem uma corrida como aquela, todo piloto vai se decepcionar um pouco. Mas eu estou otimista de que neste fim de semana ele vai voltar para onde nós queremos vê-lo”, disse Brawn.

De acordo com o dirigente, faltam apenas pequenos detalhes para que Schumacher volte a exibir o desempenho que o levou a conquistar sete títulos mundiais.

“São pequenas coisas que ele precisa acertar. Se ele estivesse lento desde o começo, então estaríamos preocupados, mas eu não me preocupo porque ele ainda é muito rápido”, opinou o dirigente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.