Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Boullier diz que Grosjean é favorito para vaga na Lotus Renault

Chefe da escuderia afirma que, se Kubica não voltar, jovem francês deve ser titular em 2012

iG São Paulo |

A permanência de Bruno Senna na Lotus Renault em 2012 está cada vez mais difícil. Apesar de elogiado pela escuderia, o brasileiro deve perder espaço para Romain Grosjean, atual campeão da GP2 e piloto reserva do time. Eric Boullier, chefe da equipe, afirmou nesta sexta-feira (18) que o jovem francês é favorito para ficar com uma vaga na próxima temporada caso Robert Kubica, ainda lesionado, não volte.

Leia também: Após criticar Lotus Renault, Petrov se arrepende e pede desculpas

“Grosjean faz parte do plano. Gostaríamos de tê-lo no carro se Kubica não voltar. O posto pode ir para ele”, afirmou Boullier. “Tenho dito isso há semanas, até meses. Então, se Robert não voltar, ele é definitivamente um dos nomes no topo da lista”, completou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Uma possível escalação do piloto de 25 anos não significaria sua estreia na F1. Em 2009, o francês correu ao lado de Fernando Alonso na própria Renault. Ele fez sete GPs e não pontuou no Mundial de Pilotos. “Grosjean ainda não estava preparado em 2009 e claramente se queimou, mas mesmo assim não foi tão abaixo do Alonso”, analisou Boullier. “Seu desempenho é bom quando ele corre às sextas-feiras. Ele tem todo talento e estou convencido disso. Só preciso botá-lo em cena”.

Como Vitaly Petrov já tem vaga garantida na Lotus Renault para o próximo Mundial, a fila de candidatos para a escuderia é apenas por um posto. Nela estão, além de Senna e Grosjean, Rubens Barrichello e Kimi Raikkonen, que correm por fora atrás de um assento. No entanto, Boullier afirmou que a palavra final só virá após uma posição definida de Kubica, piloto da equipe em 2010. “Temos obrigação moral em assegurar que daremos chance a Robert (Kubica). Tomar a decisão em outubro ou novembro não vai alterar nada na equipe, já que o mercado está fechado”, concluiu o chefe da equipe. 
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG