Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Barrichello não acredita em reação da Williams no Mundial

Brasileiro acha difícil sua equipe ultrapassar a Toro Rosso até o fim da temporada

iG São Paulo |

O piloto brasileiro Rubens Barrichello, da Williams, não acredita que sua equipe vá melhorar sua situação no Mundial de Construtores – a escuderia ocupa a nona colocação com quatro pontos, 13 a menos do que a Toro Rosso, que aparece na oitava posição. De acordo Rubinho, será difícil tirar essa diferença até o fim da temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Se não melhorarmos o que é o problema fundamental, vamos marcar pontos, mas não nesta escala. O carro tem seus problemas, e se não mergulharmos neles para tratar a situação e começar a crescer de novo, e só continuarmos a mexer na superfície, estaremos apenas mascarando-os”, disse Barrichello.

De acordo com o piloto, o problema da equipe não é falta de esforço, e sim o mau funcionamento das atualizações que a escuderia tenta instalar.

“Eles estão trazendo muitas novidades, mas elas não estão funcionando. No ano passado, algumas funcionaram, e então efetivamente nosso ano melhorou bastante. Agora, estamos em uma situação em que tentamos coisas novas, mas não estamos sentido que elas estão funcionando”, opinou o brasileiro.

Nesta sexta-feira (29), dia dos primeiros testes para o Grande Prêmio da Hungria, Barrichello foi o 14º mais rápido no primeiro treino livre, e melhorou uma posição na segunda sessão.

Leia tudo sobre: Rubens BarrichelloWilliamsF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG