Brasileiro diz que carro foi melhor com compostos usados. Maldonado planeja brigar por pontos

O brasileiro Rubens Barrichello não conseguiu se classificar para a disputa da pole . O piloto da Williams fez apenas o 12º melhor tempo do Q2, e disse que a adaptação de seu carro aos pneus foi fundamental no resultado.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“O carro estava ok, mas parecia mais rápido com pneus usados. Quando eu usei pneus novos, não consegui a aderência que esperava. Essa foi a diferença que me colocou alguns décimos para trás hoje. Foi estranho, e precisamos entender porque isso aconteceu”, disse Rubinho.

Companheiro de escuderia do brasileiro, Pastor Maldonado conseguiu uma vaga no Q3, e gostou da oitava colocação que conseguiu no grid - o venezuelano marcou o nono melhor tempo, mas ganhou uma posição por conta da punição imposta a Lewis Hamilton.

“Fomos competitivos durante todo o fim de semana e conseguimos tirar 100% do nosso pacote aerodinâmico hoje de novo. Nosso ritmo é forte e vou fazer meu melhor para conseguir pontuar amanhã”, declarou Maldonado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.