Brasileiro cogita ainda defender outras equipes, mas não quer ficar na F1 sem um carro competitivo

Rubens Barrichello declarou nesta quinta-feira (13) que a Williams lhe dará uma resposta sobre seu futuro na escuderia antes das férias de final de ano. O brasileiro continua com esperança de renovar seu contrato com a equipe e recentemente afirmou que fará de tudo para permanecer na Fórmula 1 em 2012.

Veja também: Barrichello diz que fará o que for preciso para ficar na F1

“Espero saber antes do GP do Brasil”, disse Barrichello. “Os fãs precisam saber. A Williams me disse que gostaria de tomar uma decisão antes do Brasil. Gostaria que isso acontecesse”, explicou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Rubinho reafirmou estar conversando com outros times e admitiu que a Renault seria uma boa possibilidade caso tivesse uma vaga disponível: “Com certeza. Acho que existem duas ou três oportunidades muito boas”.

O brasileiro deixou claro que não quer estar na Fórmula 1 sem um carro competitivo: “Não correria na F1 por qualquer coisa, só para dizer ‘completei 20 anos agora mesmo que não tenha um carro competitivo’”.

“Se meu destino disser que não é mais para eu estar envolvido com a F1, então eu tive 19 anos maravilhosos. Tentarei pensar em alguma outra coisa e ver se eles querem que eu dirija os carros da Disney na Disneyworld!”, brincou o piloto.

“Tudo o que quero dizer é que pertenço a esse lugar e que nunca estive mais rápido do que agora. Quero competir ano que vem, mas se o destino seguir um caminho diferente, então irei para casa”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.