Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Barrichello culpa KERS por 15ª posição na Turquia

Piloto elogia evolução da equipe no classificatório, mas diz que é preciso melhorar nas corridas

iG São Paulo |

Rubens Barrichello, 15º colocado no Grande Prêmio da Turquia deste domingo (8), afirmou após a corrida que o principal motivo para as ultrapassagens que sofreu no fim da prova foi o KERS. Depois de ter feito seu melhor treino classificatório na temporada e largado em 11º, o brasileiro chegou a figurar entre os dez melhores durante o GP, porém terminou a corrida no final do pelotão intermediário.

Siga o iG automobilismo no Twitter.

De acordo com Rubinho, o KERS de seu carro não funcionou. “Perdi velocidade durante vários pontos da corrida de hoje por problemas no KERS”, disse. “Sem o sistema, perdi a capacidade de defender minhas posições”, justificou.

Barrichello também lamentou o fato de ter deixado escapar a oportunidade de se posicionar mais à frente, por levar em conta seu ritmo no treino. “Tivemos a nossa melhor sessão de qualificação, mas ainda precisamos fazer algumas alterações no carro”, afirmou. “Precisamos garantir a integridade dos pneus traseiros para chegar bem no fim da corrida”, explicou.
 

Leia tudo sobre: Rubens BarrichelloWilliamsGP da Turquia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG