Contrato do país com a Fórmula 1 vence no fim deste ano. Calendário de 2012 será discutido em junho

Após a realização do Grande Prêmio da Turquia de 2011 , no domingo (8), as autoridades locais ficaram confiantes de que a Fórmula 1 voltará para Istambul na próxima temporada. O contrato da categoria com o país se encerra no fim deste ano.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“As duas partes estão tentando resolver esta questão. Comparando à situação que tínhamos antes da corrida, temos um aumento de 50% nas chances”, estimou Mumtaz Tahincioglu, presidente da Federação Turca de Automobilismo.

Bernie Ecclestone, porém, apesar de acreditar na manutenção do GP da Turquia, mostra-se irredutível e não pretende negociar o aumento das taxas cobradas pela F1 para a realização da prova.

“Estaremos felizes em correr aqui pela exata taxa que recebemos de outras corridas europeias, como na Hungria. Outros países parecem acreditar que a Fórmula 1 faz bem para suas nações. Se a Turquia acreditar nisso, não precisaremos de intermediários. Cabe a eles decidirem. Não posso fazê-lo por eles”, disse o chefe da categoria.

No dia 3 de junho será discutido o calendário de 2012 da Fórmula 1. Esta data marca o prazo para a Turquia aceitar as condições impostas pela categoria para realizar a corrida na próxima temporada.

“Mesmo se a questão não estiver resolvida nesta data, estaremos na briga”, afirmou Yunus Akgul, diretor geral de esportes da Turquia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.