Preocupados com a segurança, pilotos pediram para que a novidade não seja permitida durante os treinos

Getty Images
Em 2010, Webber venceu em Mônaco após largar da pole
De acordo com reportagem da revista alemã Autosport , a Federação Internacional de Automobilismo está considerando a possibilidade de proibir o uso da asa traseira móvel durante o Grande Prêmio de Mônaco, que será disputado no dia 29 de maio.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

A prova é disputada em um circuito de rua, e não existem nele longas retas nem pontos marcantes de ultrapassagem para que seu uso seja permitido durante as corridas. Além disso, os pilotos, preocupados com a segurança, teriam pedido à FIA para proibir também seu uso durante os treinos.

O grid de largada é importante na prova – Jenson Button e Mark Webber, os dois últimos vencedores da corrida, largaram na pole position. Por isso, os pilotos seriam obrigados a acionar o dispositivo em pontos pouco seguros para brigarem por posição no grid.

Ainda de acordo com a reportagem, a FIA provavelmente vai ouvir os pilotos e proibir o uso da asa traseira móvel nesta etapa da temporada. A decisão será anunciada após o Grande Prêmio da Turquia, que acontece no dia oito de maio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.