Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Asa móvel pode ser proibida na curva 2 de Spa-Francorchamps

Associação de Pilotos acredita que a utilização no trecho pode aumentar o risco de acidentes

iG São Paulo |

Divulgação
Vitantonio Liuzzi não acredita que a situação seja parecida com a de Mônaco
De acordo com reportagem da revista britânica Autosport, o uso da asa traseira móvel na curva 2 de Spa-Francorchamps pode ser proibido durante o fim de semana do Grande Prêmio da Bélgica. A princípio, a utilização do dispositivo é liberada para os pilotos em todo o circuito nos treinos livres e no classificatório.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A Associação dos Pilotos já entrou em contato com a Federação Internacional de Automobilismo, manifestando desejo de proibir a asa móvel na curva, chamada Eau Rouge, para diminuir o risco de acidentes. O pedido deve ser discutido nos próximos dias, já na Bélgica.

Os pilotos conseguiram fazer algo parecido em Mônaco, quando o uso da asa móvel foi proibido no túnel. Dessa vez, porém, Vitantonio Liuzzi acredita que a situação seja diferente.

“A razão pela qual eu pedi a proibição foi por temer uma batida no túnel, que poderia causar uma situação realmente crítica. Na Eau Rouge é diferente. É a céu aberto, não há telhado, não há paredes, então pode ser um acidente normal se acontecer”, opinou o italiano.

Leia tudo sobre: F1Vitantonio LiuzziHispaniaasa traseira móvel

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG